COMPARTILHE CONHECIMENTOS!


Nelson Mandela dizia: "A educação é a arma mais poderosa que você pode usar para mudar o mundo."

Eu acredito nisto!

Por favor, sempre que possível comente!

__________MUITO OBRIGADA PELA VISITA!__________

*********Total de visitas!*********

Indique o Site!
Registre sua presença no meu de livro de visitas. Críticas, sugestões e elogios são bem vindos.

Mais uma vez obrigada pela visita!



* Queridos,os comentários na parte superior de cada postagem (em negrito) refletem exclusivamente o meu ponto de vista e observações sobre a matéria. Qualquer esclarecimento basta entrar em contato.

Aislane Pinto.


26/10/2009

MÉDIAS DEVEM APROVEITAR IFRS PARA MELHORAR GESTÃO

.
Isso gera uma confusão danada! Tenho lá as minhas dúvidas quanto ao assunto. Pois, como bem sabemos a lei 11638/07 define claramente em seu art. 3º quais empresas estão obrigadas a seguir-la. E o CFC de certa forma expande tal obrigatoriedade as demais empresas. Mas, cabe a estas últimas atender os dispositivos da lei 11638/07 ou ao código civil? Nesse sentido o que é mais benéfico para elas?
.
Facilitação do IASB estabelece aplicação de um planejamento para conduzir a gestão conforme as melhores práticas contábeis
Enquanto as companhias de grande porte já estão dando os seus passos rumo à convergência contábil internacional, as pequenas e médias devem contar com simplificações no processo, conforme a anunciado pelo Internacional Accounting Standard Board (IASB). Segundo analistas da Global/Sispro, a facilitação estabelece que os administradores e profissionais contábeis apliquem um planejamento para que possam conduzir a gestão realmente alinhada com as melhores práticas contábeis propostas pelo IASB. O especialista em gestão de Patrimônio e Impairment da empresa, Gilberto Oliveira explica que a facilidade se dá na aplicação de pontos das normas IFRS que envolvem o reconhecimento e mensuração de ativos, passivos, receita e gastos. Diferentemente do que é exigido das grandes companhias, as revisões do IFRS serão limitadas a uma vez a cada três anos. "Isto é um importante passo para facilitar a vida dos gestores", ressalta. Na opinião de Oliveira, ao adotarem as novas práticas, as empresas poderão superar as dificuldades do início da adequação, pelas quais até as de grande porte passam. "As pequenas e médias companhias não possuem a mesma cultura organizacional das S.A., por exemplo. As coisas irão se ajustar a partir desta simplificação das regras", comenta. Já segundo o diretor de Marketing da Sispro, Lourival Vieira, é aconselhável se nortear pelas novas normas quando uma pequena ou média empresa está inserida em um setor ou cadeia de empresas, formando um “ecossistema”. “Neste caso, o procedimento trará várias vantagens futuras, tais como estar preparada para eventual abertura de capital, o que resultará na conquista de novos investidores”, afirma. Outro ponto mencionado por Vieira é referente à melhoria do seu desempenho com os parceiros comerciais, transformando o esforço e investimento desta transição em um processo mais natural.
.
Fonte: FinancialWeb
.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Reflexões!

Reflexões!
Você já se fez esta pergunta?

“Eu às vezes fico pensando em como seria se os brasileiros falassem. Se protestassem contra o que lhes fazem, se fizessem discursos indignados em todas as filas de matadouro, se cobrassem com veemência uma participação em tudo o que produzem para enriquecer os outros, reagissem a todas as mentiras que lhes dizem, reclamassem tudo que lhes foi negado e sonegado e se negassem a continuar sendo devorados, rotineiramente, em silêncio."


Do livro: O Mundo Bárbaro - Luis Fernando Veríssimo.

É queridos, como seria o nosso país se assim fosse?

Pensem nisso!

"Só podemos dar aquilo que temos. E por menor que seja sempre temos algo a dar."


Procure uma entidade beneficente:

VOLTE SEMPRE!

Registre sua presença no meu de livro de visitas.

Mais uma vez obrigada pela visita!

Aislane Pinto.

INFORMAÇÕES DO MUNDO CONTÁBIL - SOB A ÓTICA DA CONTADORA AISLANE PINTO

Outros Blogs da Área Contábil - Eu recomendo que visite-os!

Indicadores Financeiros